Pela segunda vez consecutiva o Museu da Imagem e do Som e Santa Catarina (MIS-SC) vai receber a mostra internacional de áudio, vídeo, filme e performance experimentais Strangloscope. A programação, que acontece de 15 a 17 de abril, está extensa e inclui projeções de filmes, vídeos experimentais, instalações, performances, debates e workshops – tudo gratuito.

O tema da mostra, que está em sua 8ª edição, é “Feminino Além do Gênero”. A curadoria é do Duo Strangloscope, composto por Cláudia Cárdenas e Rafael Schlichting, e é produzido em parceria com Cine Paredão da UFSC.

Entre os destaques da programação, está o debate e lançamento do filme Interlúdio, do diretor Gabraz Sanna, no Cinema do CIC, além do workshop “Cine Obscenidades – O sexo cinematográfico”.

Confira a intensa programação para os três dias de evento:

15 de abril – sexta-feira:

18h
Abertura da 8a edição da Strangloscope: Feminino Além do Gênero
Projeção externa do videoclipe Sonhos, de Gabraz Sanna

18h30

Abertura das instalações audiovisuais e exibição dos Panoramas. Sob curadoria do Duo Strangloscope, serão apresentados três programas diferentes, em loop, nas três telas fixadas no salão principal do MIS.

Instalação Escape – Duo Strangloscope
Escultura visual formada por uma rede trançada por fios de barbante, materiais dispostos entre os fios que refletem e/ou absorvem a luz das imagens projetadas, que serão vídeos pré-gravados do Duo Strangloscope, especialmente para a montagem desta instalação.

Instalação In Transit – Duo Strangloscope
A cada dia a instalação se transformará para receber projeções e interatividade performática.

19h30

Performance Para Além Das Gaiolas, de Daniele Viola
Solo performático que dialoga com questões de liberdade e prisões, pré-conceitos sociais, (des)igualdades de gênero entre outras inquietações.

20h30

Pré-estreia do longa-metragem experimental Interlúdio, com exibição dos curtas-metragens Ruína e Digitaria abrindo a sessão, todos do diretor Gabraz Sanna, que participará de debates após as projeções.

23h
Festa de abertura com os DJs Cris Clasen & Calvin Treze

16 de abril – sábado:

16h

Abre a visitação da exposição com as sessões Panorama e as Instalações do Duo Strangloscope

Lançamento do livro Cinema Explícito – do prof. Dr. Rodrigo Gerace: Um dos mais completos estudos em língua portuguesa sobre as representações cinematográficas do sexo, dos stagfilms no cinema mudo às vanguardas artísticas, das pornografias alternativas ao mainstream.

17h30 às 19h

Sessão de curtas-metragens experimentais da diretora Cris Miranda e debate. Além da diretora a mesa de debate será composta pelo prof. Dr. Rodrigo Garcez e Duo Strangloscope.

19h

Performance Cine Expandido, de Cris Miranda

19h30
Projeção externa de Jedina – Pani Pawlosky – 2015 | Polônia

20h às 21h30

Programa Sessão Strangloscope 1
Total: 87 minutos de exibição

21h30

Performance Unknelson, de Andre Arieta
Envolve música, literatura e vídeo em tempo real. Três performers se revezam entre diversos meios e instrumentos tocados de forma percursiva, além de algumas canções acompanhadas por guitarras.

22h

Jam session
Com a banda performática de Andre Arieta e convidados. Para esta sessão todos estão convidados a levar instrumentos, pois o palco estará aberto para quem desejar tocar.

17 de abril – domingo:

15h

A instalação In Transit

16h às 20h

Workshop Cine Obscenidades – O sexo cinematográfico, com o prof. Dr. Rodrigo Gerace (SP), com foco em estudantes de cinema e artistas do audiovisual.

20h

Projeção na instalação In Transit: Losingthe thread, de Vivian Ostrovsky. Em seguida projeção de fotos Memórias de Vestir, de Analu Prestes, e convite para performance do público dentro da instalação

20h30 às 22h

Programa Sessão Strangloscope 2

22h

Performance de encerramento do evento na instalação In Transit
Blua Discórdia, de Venuše a Vánek, que visita Botticelli em performance solo em improviso,  contrapondo o contrabaixo acústico com sintetizador granular digital.

Mais detalhes sobre a programação estão disponíveis aqui.

Escreva e participe

Fique tranquilo, seus dados nunca serão divulgados