Desenvolvimento sustentável, qualidade de vida, uso sustentável responsável dos recursos ambientais e oferta de alimentos saudáveis. Foi protocolado na câmara de vereadores de Florianópolis um projeto de lei que tem nisso tudo o seu motivo para existir: a Política Municipal de Agroecologia e Produção Orgânica – PMAPO, que quer adequar políticas públicas para o fomento da agroecologia e produção orgânica.

O PL foi proposto pelo vereador Marquito – Marcos José de Abreu (PSOL) e é uma demanda antiga de diversas entidades envolvidas com agroecologia na cidade. A proposta foi construída coletivamente junto a estas organizações, para incentivar cada vez mais a agricultura urbana, disseminar hortas urbanas, a compostagem de resíduos e a produção de alimentos orgânicos (tanto de origem vegetal como animal).

Agora o projeto deve passar pela assessoria jurídica, pelas comissões relacionadas e receber pareceres. Se aprovado, o projeto deve ser votado duas vezes em sessões diferentes até ser aprovado para sanção do prefeito. Vamos aguardar por uma Floripa mais verde e saudável.

Escreva e participe

Fique tranquilo, seus dados nunca serão divulgados