Nesta quarta-feira (27), as argentinas do Tranki Punki chegam a Floripa com seu punk balcânico feminista, para show na Casa de Noca. Com início às 22h, a entrada custa R$ 15 até meia-noite e R$ 20 após esse horário. As 75 primeiras pessoas que chegarem antes da meia-noite entram de graça.

A Tranki Punki nasceu em uma garagem na cidade de Córdoba, em 2013. A banda é formada por Charr Ly (vocal e guitarra), Vicky Barturen (vocal e guitarra), Pola Kita (acordeón), Drela Sanz (violino), Gise Torcigliani (percussão), Cele Pereyra (baixo) e Sofía Dem (bateria).

Com uma linguagem de protesto e compromisso com as lutas sociais, os shows propõe uma mistura de ritmos que vão desde o punk e o hard rock até a cumbia e a música balcânica do leste europeu.

Escreva e participe

Fique tranquilo, seus dados nunca serão divulgados