Fornecer alimentos de qualidade para toda a população, mostrando a qualidade dos produtos produzidos pelos assentamentos. Essa é a intenção dos Sem Terra, que no início do mês fizeram a doação de 50 mil litros de leite para o Banco de Alimentos da Secretaria Municipal de Assistência Social do Estado.

O leite foi processado pela Cooperativa Regional de Comercialização do Extremo Oeste Ltda. (Cooperoeste), ligada ao MST. Os alimentos devem ser distribuídos para cerca de 40 entidades de assistência social cadastradas no banco de alimentos e para as entidades públicas de Assistência Social, como a Cozinha Comunitária, Abrigos Municipais, Centros de Referência de Assistência Social (CRASs) e outros.

Segundo a direção estadual do MST, a ação faz parte do objetivo das cooperativas da região sul, que é inserir toda a comunidade no processo de integração com o que é produzido nos assentamentos, mostrando para a sociedade que a agricultura camponesa pode produzir alimentos de grande qualidade em grande escala, respeitando os princípios de economia solidária.

No momento, os assentados trabalham com 330 mil litros de leite por dia, além de iogurte e bebida láctea.

Escreva e participe

Fique tranquilo, seus dados nunca serão divulgados